Mineração de brita. Aprenda tudo sobre pedra britada

27, set 22 | Blog

A mineração de brita é uma atividade vital para o setor da construção civil, pois a partir desta extração, obtemos uma matéria prima que serve para os mais diferentes tipos de construções. Estes projetos vão desde pequenas edificações a pavimentações asfálticas e construções de infra estrutura gigante. O processo de produção da brita é muito interessante e bem segmentado no Brasil, atendendo aos mais diversos tipos de demandas.

Onde é feita a mineração de brita?

Geralmente a mineração de brita é realizada em pedreiras, locais a céu aberto e com grande riqueza mineral. De preferência, estes empreendimentos devem estar perto de cidades ou o mais próximo possível de uma região metropolitana. Isto porque, diminui também o custo de transporte do produto. Servem como bons exemplos de locais de mineração de brita a região metropolitana do Rio de Janeiro e as regiões em volta de Belo Horizonte ou Ouro Preto, no estado de Minas Gerais, que é referência na extração de minérios no país.

Outras regiões que também são destaque no Brasil na mineração de brita são o estado de Goiás e o Pará. No Brasil existem rochas das mais alta qualidade, inclusive, dependendo da região podemos obter este bem mineral a partir de rochas diferentes. A pedra britada geralmente é extraída a partir de rochas como o gnaisse, granito, calcário e basalto e até chegar ao consumidor ela passa por um processo muito interessante e com grande planejamento.

O Brasil é um dos mercados mais quentes quando o assunto é mineração

Como o processo é mecânico, exige o controle de máquinas, transporte até a entrega ao consumidor, por isto, a atividade realizada em volta deste bem mineral gera quantidade de empregos e aquece a economia brasileira. O Brasil, é referência na mineração sempre buscando inovações tecnológicas e se mostra um mercado muito quente quando o assunto é mineração

Inclusive, através da Brazil Mining 2023, você também pode fazer trocas de conhecimentos sobre mineração com os melhores profissionais da indústria brasileira sobras as tecnologias mais inovadoras, também, preocupadas com o meio ambiente e foco em parcerias.

A troca de conhecimento e novas parcerias são “palavras chave” em nossa conferência, então confira nossa página sobre o evento e como você pode participar tanto como expositor, apresentando sua empresa a várias potenciais parceiros ou como palestrante contribuindo para um público.

Em nossos eventos ainda você contará com uma visita técnica a uma das empresas líderes de mineração no país e ainda a 2 dias de apresentações com Coffee Breaks. Solicite nossa Brochura para ver como participar.

Como a brita é processada?

Primeiramente, deve-se fazer um estudo geológico do local, encontrando uma região onde seja mais propício fazer a extração, levando em conta vários pontos específicos para se produzir uma boa brita. Após isto é feita a perfuração e detonação das pedras, e logo após o processo de separação e padronização dos tipos de brita de acordo com a sua granulometria.

O beneficiamento é o processo responsável por dar forma a pedra, através de algumas etapas a pedra britada vai ganhando qualidade e formas diferentes. Este processo é feito de maneira mecânica através de uma cadeia de máquinas.

Britagem primária

A britagem primária é o 1º processo na execução do beneficiamento da pedra britada. Nesta etapa, as pedras passam por um quebramento mecânico realizado por máquinas de grande porte, reduzindo o tamanho de uma pedra em até 8:1, aceitando rochas de no máximo 1000mm e reduzindo elas a 100mm. Vale ressaltar que nesta etapa o britador de mandíbulas, britador de impacto e britador de rolos fazem o papel de realizar a 1ª quebra sem realizar descartes nesta fase da produção.

Britagem Secundária

Após o 1º tratamento do britador primário, através de esteiras, os produtos passam ao britador secundário, que tem os mesmos tipos de britadores que o primário, porém tratam as pedras em até 100mm e fazem um pequeno descarte para aumentar a velocidade da produção.

Britagem Terciária

Este britador é um pouco diferente dos anteriores, pois essencialmente é composto por um britador cônico que reduz as pedras em até 10mm e também tem o papel de dar uma forma mais arredonda a pedra britada.

Britagem Quaternária

Esta parte do beneficiamento nem sempre é utilizada, porém através dela é produzido um material ainda mais fino da mineração de brita. O pó de brita, por exemplo, é um material de excelente qualidade e textura fina, que é base para vários tipos de peças de concreto. Sendo um dos produtos criado com o desenvolvimento da engenharia mineral, nesta etapa, os produtos finais deste beneficiamento podem variar de 5mm a 0,8mm

O produto originado deste tipo de extração varia, sendo classificado de acordo com o Ministério de Minas e Energia em pó de brita e brita de 0 a 5. Claro, existem outras formas de pedra britadas, até um pouco menos padronizadas, mas estas são as com registros padronizados na ABNT.

Produtos da mineração de brita

A pedra britada é um bem mineral muito versátil, que pode ser usada como decoração de jardim, base de malha ferroviária, na construção de pequenas obras até grandes projetos arquitetônicos, sendo base para vários tipos de vigas e outras estruturas de concreto. Entenda um pouco sobre cada uma.

Pó de brita

O pó de brita apresenta granulometria de até 5mm, possuindo textura fina ele é muito utilizado nas usinas asfálticas, na fabricação de pré-moldados e calçadas. O pó de brita também pode substituir a areia na fabricação de concreto.

Brita 0

Também chamada de pedrisco, a brita 0 tem o tamanho máximo de 12mm, sendo bastante utilizado também na fabricação de blocos de concreto, vigas, vigotas e também na fabricação de tubo de concreto. É utilizado a brita 0, quando for preciso fazer estruturas um pouco mais finas do que de grandes construções.

Brita 1

Este tipo de brita é utilizada em obras, como construções de prédios e outras estruturas grandes, sendo base para lajes, vigas e colunas. Possuindo uma granulometria de até 24mm, ela é utilizada neste tipo de obra por compor estruturas que possuam menor densidade de armadura e maior espessura.

Brita 2

Este tipo de brita apresenta uma granulometria de 30mm, sendo muito resistente, esta matéria prima pode suportar uma grande quantidade de peso, sendo usado em construções de fundações e outras estruturas robustas. Também é utilizada para pisos de maior espessura.

Brita 3

A Brita 3 é utilizada em drenos, aterramentos e lastros ferroviários, por ter a granulometria grande de 25mm a 50mm. Ela não é utilizada em concreto armado ou lages, por possuir um tamanho grande, ela pode criar vazios na estrutura.

Brita 4 e 5

As britas 4 e 5 fazem parte de um grupo de britas maiores, conhecidas como pedra de mão, por serem muito grandes, este tipo de material é muito utilizado em construções de esgotos, fossas sépticas, gabiões e sumidouros.

Existem outros tipos de produtos criados a partir da mineração de brita. Com o desenvolvimento de novas tecnologias e estudos de engenharia mineral, podemos cada vez mais nos beneficiar através da mineração de brita com melhores produtos e reduzindo também os impactos ambientais.